archive.php

Quais as melhores formas de emagrecer?

Ao buscar formas de emagrecer diversas, muitas pessoas se perguntam qual é a melhor maneira de obter resultados em seu caso pessoal. Segundo comprovações científicas, emagrecer é muito mais fácil quando você realiza um exercício que te dê prazer e incentivo de não parar no meio dele ao longo do tempo.É preciso procurar saber com qual exercício você mais se identifica e invistir nele.

Para entender mais sobre isso, conheça a relação psicológica que as pessoas tem com os exercícios físicos.

Melhores formas de emagrecer – psicologia

A questão psicológica por trás da pergunta “por que nos exercitamos?” mostra muitas respostas diversas. Estas podem variar desde a preparação para uma competição, pela busca por benefícios gerais e específicos relacionados com a saúde, para “ficar bem”, emagrecer, etc.

A motivação é um fator crítico no apoio ao exercício sustentado, que por sua vez está associado a importantes desfechos de saúde.

– Nesse sentido, pesquisas feitas sobre motivação para o exercício na perspectiva da teoria da autodeterminação (SDT) cresceu consideravelmente nos últimos anos.

– A atividade física e o exercício, quando realizados regularmente, são altamente benéficos para a saúde e para o bem-estar físico e psicológico.

No entanto, apenas uma minoria de adultos nas sociedades modernas relata exercer exercício físico em um nível compatível com a maioria das diretrizes de saúde pública. Por exemplo, dados de 2009 indicam que, em uma semana típica, 60% dos adultos na Europa não se envolvem em atividade física ou esportiva.

Nos EUA, menos de 50% dos adultos são considerados regularmente ativos fisicamente. No Canadá, os novos dados do acelerômetro mostram que apenas 15% dos adultos atendem às recomendações nacionais de atividade física.

Tais resultados sugerem que muitas pessoas não possuem motivação suficiente para participar dos 150 minutos de intensidade moderada de exercício ou atividade física recomendados por semana. Isso significa que, ao buscar por formas de emagrecer, comprovadamente as pessoas não buscam pela motivação necessária para isso, sendo “boas” apenas em iniciar projetos, mas não em terminá-los.

Explicação por trás da falta de motivação

A falta de motivação pode ser amplamente explicada por duas ordens de fatores. Primeiro, como destacado na estatística anterior, as pessoas podem não estar suficientemente interessadas em exercer ou valorizar formas de emagrecer para torná-las uma prioridade em suas vidas.

– Muitas pessoas experimentam demandas conflitantes em seu tempo de obrigações educacionais, profissionais e familiares, possivelmente à custa de tempo e recursos que poderiam ser investidos no exercício regular.

– Segundo, algumas pessoas podem não se sentir competentes em atividades físicas, sentindo-se ou não fisicamente aptos ou habilidosas para se exercitarem.

  • Elas podem ter limitações de saúde que apresentam uma barreira à atividade;
  • Seja interesse baixo ou baixa competência percebida, os dados de participação na atividade física indicam que muitas pessoas estão desmotivadas ou não têm intenção de ser mais ativas fisicamente.

Elas podem, também, serem insuficientemente motivadas diante de outros interesses ou demandas de seus interesses.

Além daqueles que estão desmotivados, outra fonte de persistência de curta duração nos comportamentos de busca por formas de emagrecer vem de pessoas que expressam motivação pessoal para se exercitar regularmente, mas iniciam comportamentos de exercício com pouco seguimento.

Especificamente, uma porcentagem significativa de pessoas pode se exercitar devido a motivações controladas, nas quais a participação em atividades como: ir à academia ou correr regularmente, é mais baseada no sentimento de “tenho que fazer isso” do que “quero participar”.

Uma hipótese, então, é que a estabilidade da motivação de alguém é parcialmente dependente de algumas de suas características qualitativas, particularmente o grau de autonomia percebida. Ou seja, o nível de auto aprovação e disposição refletivas associadas a um comportamento ou classe de comportamentos, deve estar associado a uma maior persistência.

Soluções para buscar formas de emagrecer

Uma vez foi confirmado, segundo estudos, que fazer uma atividade que as pessoas não gostam, a faz desistir dela com maior facilidade (ou nem mesmo começá-la). Conclui-se que é preciso investir em exercícios feitos para o seu perfil.

Academias costumam angariar uma alta quantidade de atividades diversas em apenas um dia de treino. Sendo possível navegar entre cada uma delas e descobrir aquela que mais tenha a ver com suas necessidades pessoais.

  • Assim sendo, é essencial que você busque por uma academia de qualidade e conte com profissionais qualificados na hora de buscar por formas de emagrecer que realmente mantenham você motivado.

Em suma, profissionais podem ser capazes de auxiliar um grande número de indivíduos que está desmotivado ou não está motivado para ser fisicamente ativo.

– Isso destaca a necessidade de olhar mais de perto os objetivos e os recursos de auto regulação, associados à participação regular em exercícios e atividade física.

  • A Teoria da Autodeterminação (SDT) – acima citada – é colocada entre as teorias da motivação humana, para examinar os efeitos diferenciais de tipos qualitativamente diferentes de motivação, que podem estar ligadas ao comportamento humano.

Você está com falta de motivação?

Infelizmente, participantes sem prazer ao buscar formas de emagrecer sentem que o exercício é frequentemente imposto a eles por profissionais de saúde e fitness.

– Isso geralmente resulta em uma sensação de pressão para se envolver em quaisquer atividades físicas.

  • Assim, instantaneamente, a motivação fitness tende a diminuir cada dia mais. Ninguém quer ser obrigado a fazer nada!

Estudiosos do assunto, como Hagberg, sugerem que os benefícios significativos para a saúde são diretamente afetados pela adesão de longo prazo à participação no exercício.

Os resultados afirmaram que altos níveis de adesão mostraram fortes ligações com o prazer dos participantes. Portanto, é essencial amar o que faz ao buscar formas de emagrecer que não serão descartadas em pouco tempo!

Relação entre encontrar formas de emagrecer e prazer

Seja qual for a razão pela qual você está treinando, a ênfase no prazer raramente é mencionada ou considerada um fator importante para o sucesso.

Um treinamento geralmente é muito focado em intensidades, volumes e cargas de trabalho destinadas a alcançar os maiores benefícios possíveis e, por mais que isso seja verdade, se você não estiver se divertindo, as chances são de que você não estará muito motivado para fazê-lo novamente.

Por que a motivação da academia é importante?

Aproveitar o exercício aumentará muito a motivação da academia e, por sua vez, dará estabilidade à sua rotina. Rotinas de exercícios regulares são muitas vezes acompanhadas por hábitos mais fortes.

– Esses hábitos são fundamentais para o prazer em se exercitar, pois afastam você dos pensamentos negativos de “tenho que fazer isso!”.

  • Hábitos positivamente reforçados estão fortemente ligados ao alcance de metas e objetivos.

O exercício não deve ser encarado como uma tarefa, pois estudos além dos acima apontados mostram que isso diminui muito a adesão de longo prazo a programas de exercícios.

Isso não significa que você deve desistir do exercício se você não gostar dele. Porém, é preciso ter em mente que há um número imenso de programas, métodos e níveis de exercício que você pode experimentar.

Então, se você não está confiante em suas habilidades, não está vendo os resultados desejados ao buscar formas de emagrecer ou realmente se sente cansado demais após uma prática, tente algo totalmente diferente.

Alternativamente, junte-se a uma comunidade de fitness e receba conselhos sobre onde ir em seguida.

O cérebro e as formas de emagrecer

Existe, comprovadamente, uma relação entre o cérebro e as principais formas de emagrecer. Isso significa que, ao buscar um exercício físico feito para o gerenciamento de peso, você também pode contar com melhoras na sua concentração, memória e mais.

– Muitas pessoas não sabem, mas uma boa forma de se manter motivado para fazer um exercício físico é através do efeitos que ele está passível a trazer para ao cérebro. Isso significa que você pode, sim, ficar mais inteligente ao se exercitar.

Pessoas em períodos de provas e exames tendem a acreditar que devem apenas se trancar no quarto e estudar por horas a fio. Porém, elas podem se beneficiar muito de separar algumas horas do dia para treinar.

É através do treino que muitos conseguem não só liberar a carga de estresse resultante de um exame ou prova difícil à frente, mas também aumentar os níveis de memorização dos exercícios e das contas.

Estudos comprovam essa situação, que se mostra comum entre, especialmente, crianças que passam por testes de atividades físicas antes de provas e exercícios e demonstram resultados muito melhores do que aqueles que não o fazem.

Motivação pessoal

Se você se considera uma pessoa estressada e acaba descontando esse estresse em forma de comida, é bastante provável que esse hábito interfira na sua busca por formas de emagrecer.

Por isso, uma excelente forma de se manter em dia com o seu corpo, com sua ansiedade e com o mau hábito de descontá-la na comida é através da prática de exercícios físicos.

– Unindo-se o fato de que os exercícios físicos são bons para o cérebro e para o controle de peso com o fato de que você deve buscar por exercícios que realmente ame e que mantenham você motivado, bons resultados podem surgir.

  • É comum que as pessoas se comprometam mais com tarefas que garantem a elas que seus resultados diários serão melhores.

Encontre um boa academia

Uma boa academia deve ser sua melhor amiga ao buscar por boas formas de emagrecer. Conforme citado acima, ela tende a oferecer mais atividades diárias para praticantes indecisos, permitindo que eles encontrem a perfeita para eles.

Além disso, o espaço conta com profissionais que podem auxiliar não apenas na prática de exercícios da forma correta, mas também na motivação do participante, que terá com quem contar.

Se a musculação não for o seu exercício favorito, não se preocupe: você poderá contar com outras práticas, como a de aulas com instrutores preparados para manter você ativo e motivado e com uma turma que também auxiliará na sua motivação.

O importante é sempre experimentar, estando ciente das diversas possibilidades e contando com variedade na hora de encontrar formas de emagrecer que funcionem para você.

Tenha em mente que cada organismo responde de um jeito e que, mesmo que você comece a fazer um exercício junto com outras pessoas, você ainda poderá contar com mais ou menos tempo na hora de construir músculos e massa cinzenta.

Conclusão

Comprovadamente, as formas de emagrecer estão relacionadas ao exercício físico que, por sua vez, estão relacionadas a motivação daquele que se exercita.

Sem motivação, não existem resultados duradouros, o que ele diversos participantes das mais variadas atividades físicas a desistir delas antes mesmo de começar a ver resultados.

Portanto, para evitar isso, é necessário que o praticante encontre motivação, escolhendo mais do que apenas um exercício que o mantenha focado e energizado, mas sabendo também os benefícios que ele trará para o cérebro.

Coloque seu físico em dia conhecendo o site da Monday e todas as atividades que nossa academia proporciona para aqueles que estão buscando por formas de emagrecer e de manter o cérebro ativo! Bom treino e bons resultados!

Bike indoor: andar de bicicleta perde barriga?

Bike indoor: andar de bicicleta perde barriga? Descubra!

Se você assim como nós, também quer saber se andar de bicicleta perde barriga, então esse post é para você! Hoje iremos apresentar os diversos benefícios que andar de bicicleta proporciona. Além, é claro, de trazer dicas para emagrecer e como melhorar a alimentação. Ah, e não para por aí! Você já teve curiosidade em saber o que emagrece mais? Andar de bicicleta ou caminhada? Descubra nos próximos tópicos.

O que são exercícios aeróbicos?

Sem dúvidas, a barriga é um dos locais que mais nos incomodam quando ganhamos muito peso. Isso porque, é exatamente aí que as gordurinhas se acumulam e ficam visíveis. Essa gordura abdominal que tanto nos incomoda pode ser facilmente eliminada através de exercícios aeróbicos e/ou outras atividades, como dança ou luta. Mas, afinal, o que são exercícios aeróbicos?

Em suma, exercícios aeróbicos são exercícios em que o nosso corpo utiliza o oxigênio afim de gerar energia. No geral, são exercícios que trabalham uma grande variedade de músculos de forma constante e rítmica. Desta forma, aceleram a respiração e os batimentos cardíacos. Para suprir essa necessidade, os pulmões trabalham de forma acelerada, aumentando assim o gasto calórico. Além disso, utilizam os estoques de gorduras para gerar energia e consequentemente promove o emagrecimento. Alguns dos exemplos são: correr, andar, nadar, dançar e andar de bicicleta!

Andar de bicicleta perde barriga?

Em síntese, para perder barriga, além de perder a gordura abdominal, é preciso perder gordura do corpo todo. Logo, não basta somente trabalhar uma única região muscular. Ou seja, de nada adianta fazer inúmeras abdominais se você não trabalhar os outros grupos musculares.

Além disso, para que o nosso corpo realmente elimine as gordurinhas extras e indesejadas de forma eficiente, é preciso queimar mais calorias do que consumimos. Assim, além da prática de atividade física, uma boa alimentação é fundamental para potencializar a perda de peso. Mas, a dúvida que fica, andar de bicicleta perde barriga?

Anteriormente, vimos que pedalar é um exercício aeróbico. Ou seja, um exercício que trabalha diversos grupos musculares ao mesmo tempo e queima muitas calorias. Quando andamos de bicicleta, tanto os músculos das nossas pernas, quanto braços, costas e abdômen são trabalhados. Assim, contribui para a queima da gordura abdominal e promove o ganho de massa muscular.

Dito isso, podemos concluir que: sim, andar de bicicleta perde barriga e é uma atividade super prazerosa! Além disso, andar de bicicleta é uma atividade física bastante acessível. Podendo ainda ser feita tanto ao ar livre, quanto em uma academia. São diversos os benefícios que andar de bicicleta pode te proporcionar. Sem dúvidas, vale a pena iniciar o quanto antes!

Por que andar de bicicleta?

Atualmente, andar de bicicleta tem se tornado uma prática comum para quem vive uma vida saudável. Sendo inclusive, utilizada em muitos países, estados e cidades como forma de locomoção. Essa prática, além de ser super saudável, nos ajuda a manter a saúde e o corpo sempre em dia.

Depois que completamos 25 anos de idade, acabamos perdendo massa muscular. Desta forma, se não for feito nada para compensar, o aumento de gordura é elevado consideravelmente. Tanto a bicicleta comum, quanto a bicicleta indoor (de academia) são ótimas opções para fortalecer pernas, braços e glúteos. Promovendo assim, essa reposição de massa muscular, o que por sua vez ajuda na queima de gordura mesmo com o corpo em repouso.

Além do mais, é cientificamente comprovado que praticar uma atividade física regular, melhora nosso sistema respiratório como um todo. Além de fazer super bem ao nosso coração e ajudar na prevenção de diversas doenças. De acordo com alguns especialistas, o ciclismo melhora os níveis de energia e atenua a sensação de fadiga. Isso porquê a atividade física permite que o nosso cérebro elimine uma substancia conhecida como dopamina. Essa substancia possui papel importante em nossas funções motoras e na própria motivação.

Sendo assim, ao andar de bicicleta, podemos sentir uma melhora significativa na resistência ao esforço. O que por sua vez, atua na melhora da nossa condição física. Logo, assim como andar de bicicleta perde barriga, também é um ótimo exercício para melhorar a força, resistência, condicionamento físico e nos manter saudável.

Benefícios de andar de bicicleta

Além de promover o emagrecimento, andar de bicicleta possui diversos benefícios. Sendo também uma atividade relaxante e que permite diminuir o estresse e a ansiedade. Outros benefícios de andar de bicicleta são:

  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Faz bem para o coração;
  • Ajuda no processo de emagrecimento;
  • Fortalece e tonifica os músculos;
  • Queima calorias e perde barriga;
  • Combate a celulite e a flacidez;
  • Melhora o equilíbrio;
  • Controla os níveis de açúcar no sangue e consequentemente diminui os riscos da diabetes;
  • Melhora a concentração e a memória;
  • Reduz o estresse, a ansiedade e depressão;
  • Fortalece os músculos e ossos;
  • Diminui os níveis de colesterol e combate a hipertensão arterial.

Ademais, a prática de atividade física regular, como andar de bicicleta, promove a liberação de substancias como os hormônios do bem-estar. Assim, nos deixam calmos e revigorados.

Caminhada ou bicicleta: o que emagrece mais?

Em suma, tudo depende da intensidade e duração da atividade. Considerando a caminhada, podemos dizer que, no geral, é uma atividade de intensidade moderada. Se comparada com a bicicleta, podemos dizer que a caminhada requer menos esforço físico. Assim, sua queima calórica é menor do que andar de bicicleta.

Embora, a caminhada seja uma atividade com menos gasto calórico se comparado a bicicleta, é uma ótima atividade para quem está deixando a vida sedentária. Além disso, é comprovado cientificamente que, cerca de 30minutos diários trazem inúmeros benefícios para saúde e ajuda na prevenção de inúmeras doenças. Vale ressaltar ainda que independente da atividade física praticada, é preciso respeitar os limites do seu corpo.

Outro fator que sem dúvidas pode colaborar ainda mais com a perda de peso é manter uma alimentação saudável e balanceada. Sabemos que andar de bicicleta perde barriga, mas de nada adiantará se continuarmos com uma alimentação pobre nutricionalmente e rica em gorduras saturadas. Confira nos próximos tópicos algumas dicas de como melhorar a sua alimentação e potencializar o emagrecimento.

Qual a frequência e distância que devo pedalar para emagrecer?

Primeiramente, é importante levar em consideração suas condições de saúde. Posteriormente, devemos salientar mais uma vez que a perda de peso ao andar de bicicleta é mais eficaz com o auxílio de uma boa alimentação. Alguns ciclistas e praticantes relatam que uma prática diária de 30min de bicicleta permite gastar em torno de 200 a 450kcal. Todavia, tudo depende do ritmo, intensidade e velocidade.

Sendo assim, podemos dizer: quanto maior a intensidade, maior o desenvolvimento muscular e calorias queimadas. Logo, implicam um consumo de energia maior, inclusive em repouso.

Quanto em relação à distância, você pode instalar na sua bicicleta um velocímetro e um odômetro. O velocímetro serve para você acompanhar a velocidade pedalada e o odômetro serve para determinar a distância percorrida. Alguns praticantes dizem que, é possível queimar em torno das 700 calorias se realizar um percurso de 23km em apenas uma hora. Importante salientar que, terrenos como: morros, ladeiras ou percursos de arreia ou terra requerem maior esforço e consequentemente queimam mais calorias.

Aproveite os benefícios da bike indoor!

Agora que você já sabe que andar de bicicleta perde barriga, você sabia que pode aproveitar os seus benefícios sem sair de casa? Você provavelmente já deve ter visto, tido contato ou utilizada uma dessas bikes indoor que geralmente tem em academias. Assim como andar de bicicleta ao ar livre é uma ótima maneira de perder peso, você pode inclusive aproveitá-los sem sair do conforto da sua casa ou academia.

Além disso, os estúdios de ciclismo indoor estão crescendo a cada dia no Brasil e a procura por eles também. Você pode encaixá-los como quiser e puder, aproveitando assim, tantos os seus benefícios para o corpo e mente.

Assim como andar de bicicleta ao ar livre, os benefícios da bike indoor incluem:

  • Melhora no condicionamento cardiovascular;
  • Aumento do gasto calórico, podendo continuar a queimar gordura por arte 4 horas, mesmo em repouso;
  • Exercícios que trabalham todos os músculos do corpo, definindo abdômen, ombro, pernas e braços;
  • Melhora a coordenação motora;
  • Melhora o sistema respiratório;

Outros benefícios que tornam os estúdios de bike indoor super procurados e interessantes são:

  • Normalmente, as aulas são realizadas em ambientes com baixa iluminação ou à luz de velas. Onde, o objetivo é promover o relaxamento energético e espiritual, permitindo aos adeptos não somente cuidar do corpo, mas da mente também;
  • Aulas que trabalham a parte emocional e motivacional;
  • Proporciona um espaço de lazer e convivência entre amigos e familiares aconchegante;
  • Ambiente climatizado, com músicas e aulas animadoras, criando um ambiente prazeroso;
  • Algumas empresas oferecem como método de pagamento e reservas online, diminuindo assim o tempo gasto ao realizar matriculas e cadastros na recepção.

Como melhorar a minha alimentação e potencializar o emagrecimento?

Para que você possa perder peso de forma rápida e saudável, além da pratica de atividades físicas, é preciso que você invista em uma reeducação alimentar. Ou seja, você deve mudar alguns dos alimentos consumidos. Logo, você deve substituir alguns, adicionar outros ou excluir os mais nocivos.

Um dos primeiros passos para se ter uma alimentação saudável é abandonar os péssimos hábitos alimentares. Desta forma, você deve evitar o consumo de alimentos industrializados, fast-food ou alimentos ricos em sódio e açúcares. Já o consumo de verduras, legumes e frutas devem ser aumentados significativamente.

Outra dica é investir em dietas saudáveis. Diminua o volume das porções ingeridas e aumente a quantidade de porções. Por exemplo, comece comendo de 3 em 3h e invista nas frutas e lanchinhos saudáveis nos intervalos das refeições. Assim, quando chegar a hora das refeições principais você não irá comer demais.

Um dos grandes vilões que certamente contribuem para o acumulo da gordura abdominal, são os refrigerantes e as bebidas gaseificadas. Além de serem ricas em açúcares, essas bebidas causam acumulo de gases e prisão de ventre. Logo, nos deixam inchadas o que consequentemente reflete no nosso peso da balança. Por isso, evite! Prefira os sucos naturais ou chás.

Mudando a sua alimentação, comendo de forma consciente e saudável, você vai perceber uma grande melhora no seu processo de emagrecimento. Assim, você irá descobrir que, andar de bicicleta perde barriga e os seus resultados podem ser potencializados com uma melhora na alimentação. O que você está esperando? Comece já programando o seu próximo passeio de bike, vá a sua academia preferida e inicie sua perda peso. Deixando assim, o seu corpo forte e definido como sempre sonhou!

Exercício aeróbico depois da musculação emagrece?

Exercício aeróbico depois da musculação emagrece?

Primeiramente, antes de entrarmos no quesito se o exercício aeróbico depois da musculação emagrece, ou ainda se ele deve ser feito antes da musculação, é preciso definirmos bem o que é e como funciona cada exercício.

Sabemos que, além de uma dieta equilibrada para que tenhamos sucesso durante o processo de emagrecimento, é preciso definir um bom programa de exercícios físicos. E obviamente para conseguir um resultado satisfatório, não basta sair por aí fazendo exercícios a esmo. É preciso organizar a rotina de exercícios de forma efetiva e que proporcione o melhor resultado de acordo com o objetivo almejado.

Pensando nisso, criamos esse post afim de te ajudar a descobrir a melhor forma e melhor momento de praticar determinado exercício e fazer com que você consiga alcançar o seu objetivo. Além disso, iremos discutir uma dúvida que muitos têm: o exercício aeróbico depois da musculação emagrece? E falaremos também qual o melhor momento para realizá-lo.

Para isso, iniciaremos uma breve descrição sobre o que é exercício aeróbico e o que é o exercício anaeróbico. Além de descobrirmos como cada tipo de exercício atua em nosso organismo e qual a melhor forma de organizá-los. Assim, você descobrirá se o exercício aeróbico depois da musculação emagrece e a vantagem de praticá-lo neste momento.

O que é exercício aeróbico?

Em suma, os exercícios aeróbicos são aqueles em que o nosso corpo utiliza o oxigênio durante o processo em que se gera a energia dos músculos. No geral, esses tipos de exercícios trabalham com uma variedade de grupos musculares de forma rítmica, onde por sua vez elevam os batimentos cardíacos e a respiração durante um tempo. Seus principais objetivos são:

  • Aumento do metabolismo;
  • Perda calórica;
  • Melhora na capacidade respiratória;
  • Aumento do fluxo sanguíneo dentro dos músculos.

No geral, os exercícios aeróbicos são contínuos, prolongados e realizados com movimentos não muito rápidos. Em síntese, a duração e velocidade dos movimentos são fatores que podem ser manipulados para caracterizarem o exercício como leve, moderado ou intenso. Alguns exemplos entre muitos são: correr, andar, nadar, dançar ou pedalar.

Os exercícios aeróbicos são super benéficos para a nossa saúde, pois melhoram a oxigenação dos tecidos, aumentam nossa expectativa de vida, fortalece o coração e pulmão e previne doenças como: osteoporose, artrite, diabetes tipo 2, derrame, pressão alta, doenças cardiovasculares e muitas outras. Além é claro, de nos ajudar a perder aqueles quilinhos indesejados.

Exercício aeróbico depois da musculação emagrece corrida

O que é exercício anaeróbico?

Por sua vez, os exercícios anaeróbicos são os exercícios que trabalham diversos grupos musculares em um constante e determinado período. Esse tipo de exercício consiste em realizar movimentos rápidos e de alta intensidade. Além de exercícios que aumentam e melhoram a resistência, força e massa muscular.

Um dos exemplos mais conhecidos desse tipo de exercício, é a musculação. No geral, são exercícios muito utilizados por atletas que precisam desenvolver força e construir massa muscular. Tendo como principais objetivos:

  • Melhora da postura;
  • Auxilio na perda de peso;
  • Modelagem do corpo;
  • Metabolismo acelerado;
  • Melhora na resistência;
  • Aumento da força e massa muscular.

Basicamente, quando praticamos exercícios como os de musculação, nosso corpo utiliza principalmente o carboidrato como principal fonte de energia (diferente dos exercícios aeróbicos que utilizam o oxigênio). Desta forma, mesmo após finalizar os exercícios, as células do nosso corpo, continuam a queimar calorias. Logo, as atividades anaeróbicas, como a musculação, são bastante indicadas para pessoas que têm como objetivo perder peso.

Embora haja a eliminação de gordura, é preciso frisar que nem sempre isso se reflete na balança. Já que, nesse caso, ocorre a substituição da gordura por massa magra. Logo, essa massa adquirida, tende a ser mais pesada do que a gordura.

Exercício aeróbico depois da musculação emagrece

O que diz a ciência quanto a combinação dos exercícios aeróbicos e anaeróbicos?

De acordo com o estudo Hearty, onde participaram mais de 300 adolescentes com sobrepeso, ambos os exercícios (aeróbicos e anaeróbicos) são eficazes no processo de emagrecimento.

Todavia, o estudo mostra ainda que a perda de gordura é significativamente maior com a combinação de ambos. Durante o estudo, constatou que essa combinação reduziu a porcentagem de gordura corporal nos adolescentes, se comparado aos exercícios praticados isoladamente. Além de melhorar o sistema energético, a capacidade metabólica, a aptidão cardiorrespiratória, ter o aumento da massa muscular e/ou alterações qualitativas na massa muscular esquelética.

Dito isso, combinar os dois exercícios irá potencializar o seu treino e promover o emagrecimento. Agora que já sabemos que a combinação desses dois exercícios potencializam a perda de peso, será que o exercício aeróbico depois da musculação emagrece? Confira a seguir!

Praticar exercício aeróbico depois da musculação emagrece?

Segundo o especialista em nutrição, modelo fitness e apresentador Obi Obadike, o mais indicado é que os exercícios aeróbicos sejam executados após o treino de musculação (segundo explicou em artigos publicados no site Body Building).

Mas, será que a prática de exercício aeróbico depois da musculação emagrece? E como isso de fato ocorre?

Assim como visto anteriormente, os exercícios de musculação queimam carboidratos para gerarem energia durante a prática do exercício. Por sua vez, os exercícios aeróbicos queimam o oxigênio. Para que possamos perder peso, é preciso que o nosso metabolismo utilize a gordura armazenada como principal fonte de energia. Mas afinal, como fazer isso?

Bem, antes de queimar gordura, nosso corpo precisa acabar com as reservas de glicogênio. Em suma, o glicogênio é uma substância essencial para a produção de energia (que será metabolizada nas células). Sendo ela, encontrada nos músculos e fígado.

Durante o treino de musculação, nosso organismo é capaz de metabolizar todo o glicogênio armazenado em nosso corpo. Logo, após o treino, nosso corpo estará “mais disposto” a eliminar as gordurinhas extras acumuladas durante a prática dos exercícios aeróbicos. Dito isso, podemos afirmar que sim, a prática de exercício aeróbico depois da musculação emagrece!

Além disso, dado ao fator conhecido como EPOC (em inglês: Excess Post Exercise Oxygen Consumption), ou seja, quando ocorre o consumo excessivo de oxigênio após a prática de exercício. O EPOC, faz com que o nosso corpo continue a queimar calorias mesmo depois de 48h após o treino.

Como o fator ocorre em taxas muito maiores durante a prática da musculação, se comparado à prática de exercícios aeróbicos, é muito mais benéfico que você esteja mais disposto na hora de realizar a musculação. Dito isso, os resultados serão mais satisfatórios se os exercícios aeróbicos vierem depois.

O que ocorre ao praticar o exercício aeróbico antes da musculação? É possível emagrecer?

Podemos dizer que este certamente é um assunto que levanta discussões entre os profissionais do mundo fitness. Enquanto alguns especialistas defendem que é melhor praticar os exercícios aeróbicos depois da musculação, há os que acreditam que praticá-los antes é muito mais benéfico. Todavia, uma coisa em que todos eles entram em um consenso, é que tudo irá depender do objetivo almejado. Ou seja, depende muito do que cada aluno têm como meta, seja perder peso ou ganhar massa muscular.

Caso você opte por realizar os exercícios aeróbicos antes da musculação, você certamente perderá a vantagem do fator EPOC (explicado anteriormente). Isso porquê, você gastará primeiro as reservas de glicogênio que deveriam ser gastas pela musculação e afetará o seu rendimento. Por outro lado, terminar o treino com os exercícios aeróbicos irá fazer com que você encerre o dia mais bem disposta.

Embora mesmo que seja possível emagrecer, segundo estudos, praticar o exercício aeróbico depois da musculação emagrece de forma mais eficiente. Podemos dizer que, em termos de saúde, o ideal é que você aproveite bem os exercícios de cada modalidade. Sendo que cada uma delas, possui diversos benefícios para a sua saúde e podem garantir um melhor desempenho. E consequentemente um melhor resultado no processo de emagrecimento.

HIIT: Uma combinação de exercícios aeróbicos curtos e intensos para emagrecer

Você já ouviu falar sobre o HIIT (em inglês, High-Intensity Intermittent Training, ou na tradução, Treinamento Intervalado de Alta Intensidade)? Os exercícios HIIT, foram criados com base em estudos que apontaram que: sessões de exercícios aeróbicos curtos, mas com alta intensidade, são mais eficientes no quesito “queimar gordura”. Isso se comparado à prática de exercícios aeróbicos de baixa intensidade e longa duração.

Assim, os princípios do HIIT é combinar períodos de atividades muito intensas com períodos de estímulos leves. De acordo com especialistas, a ideia é fazer com que o metabolismo acelere e que o corpo continue queimando calorias durante todo o dia. O que difere do treino aeróbico de baixa intensidade.

Para realizar o HIIT, é preciso seguir as seguintes diretrizes:

Primeira e segunda semana – Fase 1

Faça 15 segundos de exercícios de alta intensidade, seguido de 60 segundos de descanso ou exercícios de baixa intensidade. Um exemplo: 15 segundos de corrida e 60 segundos de caminhada. Desta forma, você estará seguindo a razão 1:4. Repita o processo até totalizar 15 minutos de treino.

Terceira e quarta semana – Fase 2

Faça 30 segundos de exercícios de alta intensidade, seguido de 60 segundos de descanso ou exercícios de baixa intensidade. Desta forma, você estará seguindo a razão 1:2. Repita o processo até totalizar 17 minutos de treino.

Quinta e sexta semana – Fase 3

Faça 30 segundos de exercícios de alta intensidade, seguido de 30 segundos de descanso ou exercícios de baixa intensidade. Desta forma, você estará seguindo a razão 1:1. Repita o processo até totalizar 18,5 minutos de treino.

Sétima e oitava semana – Fase 4

Faça 30 segundos de exercícios de alta intensidade, seguido de 15 segundos de descanso ou exercícios de baixa intensidade. Desta forma, você estará seguindo a razão 2:1 de treino. Repita o processo até totalizar 20 minutos de treino.

Normalmente, a grande maioria das pessoas preferem utilizar as técnicas de HIIT com uma combinação de corrida e caminhada. Todavia, esse tipo de treino pode ser realizado para bicicleta, nado, dança, corda e inúmeras outras atividades. Isso depende do que você gosta de fazer. Ou seja, você pode escolher atividades que são prazerosas para você e aproveitar todos os benefícios dos exercícios.

E você? Já sabia que o exercício aeróbico depois da musculação emagrece mesmo? Deixe aqui nos comentários o que você achou e não deixe de compartilhar com as suas amigas!