Exercícios que mais queimam calorias: entenda!

Sabemos que a prática de exercícios físicos é importante para a manutenção do corpo e a qualidade de vida. Muitos alunos que entram na academia têm o objetivo de perder peso. Dessa forma, essas pessoas buscam realizar exercícios que mais queimam calorias, para que o treino seja eficiente.

De fato, fazer esse tipo de exercício vale a pena, mas é importante focar os esforços na qualidade do treino, baseado nas considerações dos Profissionais. Afinal, de nada adianta fazer um exercício intenso se ele for realizado sem a orientação, pois muitos fatores influenciam no treino — intensidade, duração, número de musculaturas envolvidas e até mesmo a qualidade na execução —. Por isso, sempre procure ajuda de Profissionais de Educação Física e siga à risca as recomendações do profissional.

Confira uma lista com os 10 exercícios que realizados na intensidade correta queimam caloria.

Exercícios que mais queimam calorias

Os exercícios intensos podem ser realizados com um objetivo específico de perder oxidar (queimar) gordura ou para aqueles que possuem pouco tempo para treinar, mas querem um treino pesado. Confira algumas dicas.

Corrida intensa

Uma corrida intensa pode consumir bastante calorias. Em uma velocidade média de 12km/h, é possível consumir entre 860 a 1000 calorias em um treino de uma hora — considerando que cada indivíduo possa ter uma resposta diferente, por conta da individualidade biológica —. Claro que você pode reduzir o tempo ou alternar o treino entre momentos de corrida e caminhada. O importante é respeitar o seu ritmo e o seu corpo!

Tabata

O método Tabata é bastante conhecido por ser um treino de alta intensidade. Ele permite queimar gordura e tonificar o corpo em uma série de exercícios específicos e focados. De modo geral, o padrão é que seja feito um exercício intenso durante 20 segundos e o descanso entre eles deve ser apenas 10 segundos. Os exercícios podem ser escalador, agachamento ou burpee, por exemplo. Dependendo do número de séries que você consegue fazer, é possível queimar até 900 calorias.

Subir escadas

Esse exercício consome bastante caloria e pode ser feito em casa, na sua escada, ou na academia em simuladores específicos. Dessa forma, quanto mais intenso o exercício, maior será a queima das calorias. Ao subir as escadas, você define coxas, glúteos e melhora a capacidade respiratória, podendo perder até 600 calorias em uma hora de prática.

Pular corda

Pular corda também é um exercício que queima bastante caloria devido à intensidade do exercício. Em uma média de 120 pulos por minuto, é possível consumir entre 600 a 800 calorias por hora. Essa opção é divertida e pode ser intercalada com outro exercício mais leve.

Boxe

O boxe e outras lutas também são exercícios que queimam bastante caloria. Ao realizar essas atividades, há uma maior movimentação do corpo e braços. Ele também ajuda na coordenação motora e reduz o estresse. Um treino de uma hora pode garantir a queima de até 500 calorias.

Burpees

O burpee não é um exercício para iniciantes, pois a prática é bastante intensa e sua execução é complexa. Mas, para aqueles que já estão habituados a práticas mais intensas, ele é uma ótima opção. O burpee consegue trabalhar os músculos abdominais e as partes inferiores e superiores do corpo. Um treino funcional de 30 minutos com a inserção de sequências de burpees pode consumir entre 350 a 500 calorias.

Agachamento

Os agachamentos também consomem energia e exercitam músculos das pernas, panturrilhas e glúteos. É possível fazer o agachamento sumô, isometria, com afundo, salto e associado a pesos. Assim, quanto mais intenso e longo for o exercício, maior o consumo das calorias. Um treino de 30 minutos com a inserção de sequências de variações de agachamentos pode consumir entre 350 a 500 calorias.

Escalador

O escalador, embora muitos acreditem que seja um exercício apenas para os abdominais, também auxilia as demais partes do corpo. Ele é um exercício bem intenso, mas que se feito corretamente queima bastante caloria. Uma vantagem é que ele possui baixo impacto, então, quem tem problemas de joelho, por exemplo, pode fazê-lo. Um treino funcional de 30 minutos com a inserção de sequências de escalador pode consumir entre 350 a 500 calorias.

Bicicleta estacionária

Em um ritmo alto, um treino na bicicleta estacionária pode garantir o consumo de até 600 calorias em uma hora. Você pode fazer um treino intercalando as intensidades: 10 segundos de pedalada intensa com 50 segundos de pedalada moderada ou ainda 15 de pedalada intensa e 45 de moderada e assim sucessivamente.

Dessa forma, percebemos que há vários tipos de exercícios que contribuem com a queima de calorias. Contudo, também é importante fazer aqueles que dão mais prazer e satisfação e sempre com a orientação de um Profissional de Educação Física. Caso contrário, você pode acabar ficando desestimulado e desistindo da prática dos exercícios.

Podemos concluir que os exercícios que mais queimam calorias desenvolvem as aptidões cardiorrespiratórias do indivíduo, pela melhora da capacidade de consumo de O2 durante o exercício, aumentando a resistência do praticante em um menor espaço de tempo, desde que seja praticado com regularidade e intensidade necessárias para proporcionar estes ganhos. Como consequência destas adaptações fisiológicas do organismo, há um maior gasto energético, que ajuda a oxidar (queimar) mais gordura.

Para não perder nenhuma novidade, siga-nos nas redes sociais. Acesse nosso Instagram, Facebook e YouTube.