Como uma rotina de exercícios ajuda na prevenção do covid-19?

Ter uma rotina de exercícios é fundamental para prevenir o covid-19 e outras doenças. Veja! 

Desde o início da pandemia causada pelo covid-19, as pessoas têm procurado formas de prevenir a doença e uma rotina de exercícios é uma delas. Pesquisadores brasileiros constataram que pessoas fisicamente ativas são mais resistentes ao vírus e o número de hospitalizações chega a ser 34% menor se comparado a pessoas que levam uma vida sedentária

Como a pandemia do coronavírus exigiu o isolamento social, a rotina de milhões de pessoas foi afetada e cerca de 20% das pessoas deixaram de se exercitar. Essa pausa na rotina de exercícios fez com que milhares de pessoas desenvolvessem a ansiedade e até a depressão. 

Além disso, a falta dos exercícios compromete outros aspectos da saúde, inclusive o sistema imunológico, que deve estar bem para evitar várias doenças. Assim, manter os exercícios é fundamental para prevenir os riscos de se infectar com o coronavírus. Entenda melhor! 

Qual a relação dos exercícios físicos com a prevenção do covid-19?

Você sabia que a prática regular de exercícios poderia salvar todos os anos, no mundo, 5 milhões de pessoas vítimas de doenças associadas ao sedentarismo? Com o covid não é diferente. Embora a prática dos exercícios não impeça que você seja acometido pelo vírus, ter um sistema imunológico forte e funcionando plenamente, pode diminuir a gravidade do quadro. Já é comprovado que o sobrepeso, diabetes, cardiopatia e hipertensão são fatores de risco que agravam e aumentam a taxa de letalidade da doença.  

Um estudo realizado no Brasil pela Unesp constatou que a atividade física também evita o agravamento da Covid-19. Segundo os pesquisadores, durante os exercícios, os músculos liberam um hormônio chamado irisina, que tem poder de reduzir a produção de uma proteína que é responsável pelo transporte do vírus para dentro das células. 

 

Por que é importante ter uma rotina de exercícios?

A prática regular dos exercícios atua como um modulador do sistema imune, de forma a estruturar progressivamente a resposta fisiológica à minimização do dano. Diferentes estudos sugerem que o exercício físico regular reduz a mortalidade para pneumonia, incluindo a influenza, e favorece as funções cardiorrespiratórias, resposta vacinal, metabolismo da glicose, lipídeos e insulina. Ou seja, os exercícios ajudam na prevenção do covid-19 e de várias outras doenças. 

Portanto, ter uma rotina de exercícios é fundamental para manter a saúde em dia e, como consequência, prevenir o covid-19 e outras doenças. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que neste período de pandemia as pessoas pratiquem exercícios físicos.  No mínimo, 150 minutos por semana no caso de adultos, e 300 minutos por semana no caso de crianças e adolescentes, distribuídos em 3 ou 4 dias da semana. 

Algumas pessoas ainda estão receosas de voltar para as academias, mas a Monday leva a sério os cuidados e protocolos previstos para manter todos os alunos e colaboradores seguros. Além do uso de máscara obrigatório, há tapetes sanitizantes, demarcação respeitando o distanciamento, aferimento de temperatura, reconhecimento facial, intensificação na limpeza dos ambientes, quantidade de alunos controlada com agendamento prévio e álcool em gel 70% em todos os espaços.

Assim, é fundamental que, até que todos tenham acesso à vacina, o cuidado com a transmissão permaneça. A melhor forma é o uso correto de máscaras e álcool em gel para limpar as superfícies, mas também é importante se preocupar com a saúde e investir nos exercícios físicos regulares. Se você quer retomar os exercícios, não perca tempo. Agende uma aula experimental em uma das nossas unidades! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *